December 15, 2017

 

Já arrancou uma nova temporada na NFL, e os resultados da primeira jornada já nos deram uma ideia de como é complicado fazer grandes previsões nesta liga. Os New England Patriots, que se presumia que iam passear esta temporada, perderam 42-27 contra os Kansas City Chiefs. Os Seattle Seahawks, os outros principais candidatos, foram dominados defensivamente pelos Green Bay Packers, 19-7. E equipas como os Jacksonville Jaguars ou os Los Angeles Rams, dos quais se esperava pouco, ganharam por 29-7 e 46-9, respetivamente.

 

Por isso, em vez de mais um exercício fútil de futurismo, ofereço-vos antes este singelo guia para quem queira encontrar um ângulo de entrada na NFL, uma equipa para acompanhar ao longo da temporada. Para escolherem o franchise certo, têm de perceber que tipo de fã são. Por isso, continuem a ler e vejam se encontram a vossa equipa ideal.

 

Equipa ideal para estreantes (Oakland Raiders)

 

Se esta é a primeira vez que estás a começar a acompanhar a NFL, a equipa ideal para ti são os Oakland Raiders. Este grupo tem um pouco de tudo. É potente no ataque, mas tem também potencial na defesa, com estrelas como o defensive end Khalil Mack. Tem um quarterback excitante como Derek Carr, munido de excelentes receivers, e um running back da velha guarda como Marshawn Lynch, retornado da sua breve reforma. É uma equipa jovem e em ascensão, mas pode muito bem chegar ao Super Bowl já este ano. E têm um logo e cores cool à brava. Para quem quer ter a experiência completa de um fã da NFL, não há melhor.

 

Equipa ideal para fãs de rugby (Buffalo Bills)

 

Se calhar és um fã resistente de futebol americano. Achas que toda esta cena de passar a bola para a frente é para meninos, que sem contacto constante não é um desporto a sério. Então deixa-me apresentar-te os Buffalo Bills. Com wide receivers competentes, mas não necessariamente espetaculares, os Bills concentram quase todas as suas atenções ofensivas no running game. Com uma linha ofensiva musculada e LeSean McCoy, um running back perito em fugir aos adversários, esta equipa gosta de fazer o seu estrago pelo chão. Também ajuda ter como quarterback Tyrod Taylor, fã de correr com a bola frequentemente.

 

Equipa ideal para bandwagoners sem vergonha (New England Patriots)

 

Apesar do começo trapalhão, os New England Patriots são os claros, gigantes favoritos à conquista do troféu este ano. Por isso, sim, esta é a escolha ideal para quem só quer uma vitória a todo o custo. Os Patriots ganharam o ano passado e conseguiram a pouco comum proeza de ficarem ainda melhores. Têm aquele que é, muito provavelmente, o melhor quarterback de sempre, Tom Brady, que continua a dominar, mesmo aos 40 anos. Têm um ataque talentoso e uma defesa incrivelmente bem treinada. São os Patriots. Os Patriots ganham campeonatos. Por isso escolham ser fãs deles, se não se importarem de abdicar de dignidade.

 

Equipa ideal para adeptos de underdogs (Cleveland Browns)

 

Mas que piada tem ganhar sempre? Se estamos já no topo, não damos valor às vitórias. Chegar ao topo do Evereste só é glorioso devido à escalada que o precedeu. Para quem gosta de um bom desafio, que tal os Cleveland Browns? Deixo o aviso, eles não são especialmente bons ainda – e há quem diga que têm uma leve maldição, mas, confiem em mim, estão no caminho certo. A falta de talento que têm, para já, nas posições mais sonantes, é compensada pelo seu investimento nas linhas ofensiva e defensiva – a forma correta de construir uma equipa. Os Browns são já interessantes este ano – e vão ser cada vez melhores.

 

Equipa ideal para quem só quer ver pontos e mais pontos (New Orleans Saints)

 

Estamos aqui a falar de filosofias existenciais e de formas de estar na vida, mas alguns fãs gostam de ver produção. Pontos no placard. Sim, talvez não ganhem muitos jogos, mas ao menos é divertido vê-los tentar. Este é o modus operandi dos New Orleans Saints. Ao longo da sua carreira, poucos quarterbacks são tão consistentes como Drew Brees na produção massiva de pontos. Com os seus passes a voar para todos os lados do campo, brechas são também abertas para o running game, tornando jogos que excedem os 40 pontos quase comuns. A equipa para quem gosta de ver ataque – e é capaz de ignorar uma defesa atroz.

 

Equipa ideal para quem gosta de um bom zero a zero (Houston Texans)

 

Do outro lado do espectro, temos aquele tipo de adeptos que não se entusiasma especialmente com grandes floreados. Cujo sangue fervilha mais com porrada sem descanso e em que cada ponto conquistado é uma batalha campal. O tipo de fã que vai adorar ver jogar os Houston Texans. Sim, o ataque deles é uma atrocidade (pelo menos enquanto Deshaun Watson não substituir Tom Savage a quarterback), mas a defesa pode atingir níveis sem precedentes – principalmente com J. J. Watt (o melhor jogador defensivo na liga, quando saudável) regressar de lesão e juntar-se a talentos como Brian Cushing ou Jadeveon Clowney.

 

Equipa ideal para masoquistas (New York Jets)

 

Dás por ti a refilar constantemente com a tua equipa? És daqueles que, após uma vitória, sente a necessidade de apontar todos os erros que cometeram? És funcionalmente incapaz de apreciar as coisas boas da vida? Que tal apoiar uma equipa que te dá razão para seres miserável? Que tal escolheres os New York Jets? Com este incrivelmente mal gerido plantel, nunca vão faltar razões de queixa. Desde a banalidade no seu ataque, do quarterback aos receivers, até mesmo à defesa, tradicionalmente um dos pontos mais fortes desta equipa e agora propensa a falhas gritantes. São aborrecidos, também. Nada melhor.

 

Equipa ideal para nerds de estatísticas (Jacksonville Jaguars)

 

Esta é para aqueles nerds que gostam de comprimir tudo a números, que dizem coisas como “sim, está bem que só ganhámos dois jogos em toda a temporada mas olha-me o nosso DVOA ajustado!”. Que tal os Jacksonville Jaguars? Têm de esperar até eles arranjarem um quarterback decente (Blake Bortles? A sério?!), mas tudo o resto está no bom caminho, prometo. Tony Khan, filho do dono Shahid Khan, tem investido em métodos analíticos na escolha de jogadores, principalmente na defesa, e os resultados já se começam a ver. Quando estes métodos começarem a alcançar sucesso no ataque, cuidado com estes Jaguars.

 

Equipa ideal para groupies de estrelas (Green Bay Packers)

 

Com tantos jogadores num plantel, o futebol americano é apreciado pelo seu colectivo. Isso não traz grande mais-valia a um certo tipo de fã. Certas pessoas não ligam necessariamente ao valor da união entre colegas, mas antes na glória individual de um grande atleta. Ponderei apontar-vos na direção dos New York Giants e do incandescente Odell Beckham Jr., mas se é para torcer por uma estrela, mais vale mesmo escolher o melhor. Escolham os Green Bay Packers, escolham Aaron Rodgers. Vão um dia poder dizer que viram jogar um dos melhores de sempre, com a vantagem adicional de ser um dos mais espetaculares também.

 

Equipa ideal para quem quer ser meu amigo (Carolina Panthers)

 

Ok, tenho de confessar que a principal razão para este último tópico é uma desculpa para falar da minha equipa. E porquê? Porque mais ninguém é fã dos Carolina Panthers, fora dos adeptos locais. E isso é injusto, porque a nossa equipa é muito prometedora. Temos Cam Newton, um quarterback de elite que até já foi MVP da liga, há dois anos, quando fomos ao Super Bowl. Temos uma defesa impressionante, liderada por Luke Kuechly, o melhor middle linebacker da NFL. E até temos um dos mais excitantes rookies deste ano, o versátil running back Christian McCaffrey. O potencial está todo do nosso lado – se conseguirmos evitar as lesões que nos massacraram o ano passado. Por isso, vá, façam a escolha certa e ofereçam um pouco de companhia a este fã solitário.

 

Pedro Quedas

No Comments

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE