December 13, 2019

Quem foi que disse que durante a estação estival o desporto é uma chatice? Não é porque os campeonatos principais de futebol europeu estão parados, que não há NBA, NFL, Liga dos Campeões, etc. que não se vive e vibra com 1001 outras competições e modalidades. Houve Mundial de Futebol, Mundial de Basket, Roland Garros, US Open, Tour de France, o miolo da temporada de Fórmula 1… Acreditem, não houve um minuto morto durante este verão! Para o provar, aqui vai um 21 Questões que recapitula mais ou menos o que vivemos como emoções este verão, e nos prepara para a rentrée, que já aconteceu em algumas provas que tanto apreciamos. Aqui vai Edição Especial Verão 2014!

 

21. Pela quarta vez na história, o Tour de France teve como ponto de partida a Inglaterra, onde ocorreram as 3 primeiras etapas. a vigésima primeira, concluída nos Champs Élysées com a vitória do italiano Vincenzo Nibali, foi das menos seguidas pelo público francês nos últimos anos.  Apesar de ser a corrida ciclista anual mais vista no mundo, estará o Tour a sofrer as repercussões dos sucessivos escândalos à volta do mundo do ciclismo?

 

20. Falando em desamor, a Fórmula 1 está com novas regras em 2014. Com estes carros mais “controlados”, silenciosos e ecológicos, recuperando energia com o sistema ERS, muitos aficionados falam em perda ao nível das sensações. Para não falar da hegemonia da Mercedes, que desde o início da temporada ainda não esteve ausente de um pódio. Estará a prova rainha do desporto automóvel a perder velocidade junto do coração dos adeptos?

21Q-Mercedes

 

19. Mais um torneio de terra batida para o Nadal, vencedor do seu quinto Roland Garros CONSECUTIVO. Se Roger Federer foi aqui em tempos comparado a um bailarino, a quê que poderíamos comparar o impressionante espanhol?

21Q-Nadal

 

18. Com 18 torneios do Grand Slam vencidos na carreira, sendo o US Open o último em data (e terceiro consecutivo, façam o favor!), haverá alguma mulher capaz de inquietar a número 1 mundial WTA?

 

17.  Com a ameaça de independência da Escócia (finalmente a não concretizar-se), a Old Firm escapou à hipótese de elevar a rivalidade a outro nível, sendo que os Celtic Glasgow são  fundamentalmente anti-Britânicos, e os Rangers bastante mais apologistas da Rainha. Mas sejamos total e completamente honestos: alguém conhece QUALQUER OUTRA EQUIPA no campeonato escocês?

A Glasgow "Old Firm": os Rangers e os Celtics. Uma rivalidade que poderá continuar, com a benção da Rainha.

A Glasgow “Old Firm”: os Rangers e os Celtics. Uma rivalidade que poderá continuar, com a benção da Rainha.

 

16. O Porto empatou com o Boavista. Conta 3 vitórias e 2 empates em 5 jornadas, porém os adeptos de outros clubes falam do sucedido como se o FCP estivesse já eliminado da corrida ao título. Há uma tão grande falta de hábito de ver o Porto a empatar, que quando acontece vira notícia do dia para os adeptos de outras formações?

21Q-FCP

 

15. E já que se fala no assunto, porquê tanto silêncio quanto aos resultados das equipas portuguesas na Liga dos Campeões? 

 

14. Christophe Lamaître, sprinter francês de 24 anos, ganhou a prata nos campeonatos da Europa de atletismo em Zurique este verão nas distâncias de 100 e 200m. Tendo sido o primeiro francês a correr os 100 abaixo dos 10 segundos, é das grandes esperanças gaulesas para o mundial de atletismo em 2015 e para os Jogos Olímpicos de 2016. Mas sinceramente, acham mesmo que alguém destona o Usain Bolt nos próximos 4 anos?

21Q-Lemaitre

 

13. Sem ter feito um mau Mundial, Marc Gasol passou completamente ao lado do jogo contra a França, marcando apenas 3 pontos e sacando 4 ressaltos em 30 minutos de jogo. Sem falar da sua incapacidade de conter o seu adversário directo do dia, autor de 15 pontos. Será que a França se afirmou definitivamente como o gato preto da Espanha no basquetebol?

Duelo de #13: Marc Gasol vs Boris Diaw. Dia de azar para o espanhol, de sorte para o frâncês

Duelo de #13: Marc Gasol vs Boris Diaw. Dia de azar para o espanhol, de sorte para o frâncês

 

12. Entre as poucas alegrias que a selecção de Angola teve durante o Mundial de Basket está o #12, Yannick Moreira.16 pontos e 10 ressaltos contra a Coreia, 20 pontos e 5 ressaltos contra a Eslovénia, 38 pontos e 15 ressaltos  contra a Austrália… Este jovem interior de 23 anos, a jogar numa universidade americana mostrou um excelente nível de jogo face a boas selecções mundiais. A questão é: será que Angola vai continuar a apostar em UM CRAQUE DE CADA VEZ? Não estará na hora de pôr em prática um plano a longo prazo para a selecção de basket, para esta conseguir vitórias significativas fora de África?

Yannick Moreira. 2m11, 23 anos, é a nova esperança do basquetebol angolano

Yannick Moreira. 2m11, 23 anos, é a nova esperança do basquetebol angolano

 

11. Ausente do Mundial do Brasil, Zlatan Ibrahimovic, voltou do verão decidido a conquistar mais títulos com o Paris Sant-Germain. Mas com 10 pontos e um quinto lugar à 6ª jornada da Ligue 1, será que o PSG decidiu dedicar todas as suas energias à Liga dos Campeões?

 

10. Messi, camisola 10 da selecção albiceleste, foi eleito o melhor jogador do Mundial no Brasil. Contestado por muitos, que viam no colombiano James Rodriguez (melhor marcador do torneio) ou no alemão Thomas Muller (melhor jogador da equipa vencedora) melhores e mais dignos candidatos. Decisivo quando necessário apesar de ter feito jogos muito apagados, Messi conseguiu à mesma levar os seus à Final. Quando não marcou, deu a marcar. Mas quão amargo deve ter sido para ele ter recebido aquele prémio individual, e ver os seus adversários do dia levantar a copa Jules Rimet?

21Q-Messi

Lionel Messi, venceor da Bola de Ouro Adidas, que premeia o melhor jogador do Mundial de futebol.

 

9. E como não se pode falar em Messi sem falar em Ronaldo, quem foi, na vossa opinião, o melhor português durante a Copa do Mundo? (se é que é possível alguém ter sobressaído naquele desastre colectivo perfeitamente previsível…).

 

8. Sete – Um. Oito golos marcados num só jogo, e apenas um a favor do Brasil na meia-final contra a Alemanha. Isto custou-lhes o sonho do Mundial a domicílio, o apoio do público até então confiante (apesar do jogo pouco convincente apresentado pela canarinha), a cabeça do “Felipão” e uma enchurrada de críticas sobre os seleccionados. De bestial (vencedor em 2002, Finalista do Euro em 2004 com Portugal) a besta (obstinado, criticado e finalmente humilhado pela Alemanha), voltará o Scolari a sentar-se no banco de uma Selecção Nacional?

21Q-Felipao

Felipe Scolari, ex-seleccionador do Brasil, parece dizer: “sete é demais, parem com essa brincadeira, rapazes!”

 

7. Kenneth Faried. Depois da sua terceira temporada NBA, este possante interior foi chamado a representar os Estados Unidos no Mundial que teve lugar em Espanha este verão. De longe o jogador mais consistente da equipa, mostrou um nível de jogo excelente e uma grande maturidade. Forte da sua experiência no Mundial, será 2015 o ano da confirmação para o MANIMAL?

o "Manimal" a maltratar o aro adverso durante a copa do mundo de basket em Espanha.

o “Manimal” a maltratar o aro adversário durante a copa do mundo de basket em Espanha.

 

6. Derrick Rose, camsola 6 com a Team USA, foi uma decepção durante o Mundial de Basket. Porém, ele diz que foi uma excelente maneira de voltar ao jogo, que se sentiu em forma, e está finalmente pronto para uma temporada NBA. Esquecidas as lesões, esquecidas as dúvidas e interrogações, com a adição de Pau Gasol à equipa, será o nativo de Chicago capaz de transportar a sua equipa para o Eldorado há tanto tempo prometido? 

 

5. Pau Gasol, Kenneth Faried, Nicolas Batum, Kyrie Irving e Milos Teodosic. O 5 ideal do mundial espanhol. Estes 5 jogadores foram os mais eficazes nas suas equipas respectivas, e mereceram sem sombra de dúvidas a distinção. Mas não se perguntam qual teria sido este 5 se tivessem ido Chris Paul, Tony Parker, Carmelo Anthony, LeBron James ou Joakim Noah?

 

4. E falando em ausentes por caso de força maior: agora que Lance Stephenson saiu e Paul George se lesionou com a Team USA e estará fora a temporada inteira, será que os Indiana Pacers vão passar do estatuto de contenders a um rebuild profundo?

Com a lesão de Paul George, os Pacers entram num período de indefinição...

Com a lesão de Paul George, os Pacers entram num período de indefinição…

 

3. Três clubes portugueses na Liga dos Campeões. E não quaisquer três, os Três Grandes. Com resultados diversos na primeira jornada (derrota para o Benfica, empate para o Sporting, vitória para o Porto), ninguém pode ainda adivinhar o que se vai passar nas próximas cinco jornadas de Champions. Mas não seria bonito termos  os três grandes a passar à fase seguinte?

 

2.  Paulo Bento já não é seleccionador de Portugal. Não se foi embora com os 3 milhões previstos  no contrato, mas com menos de 1 milhão de euros. A questão sobre o substituto possível é tão aterradora que prefiro não a colocar…

 

1. Um mês e uma semana até ao início da temporada NBA. O que raio vamos fazer até lá? (a fotografia abaixo é de teor meramente sugestivo…).

21Q-NBA2K15

NBA 2K15: um bom meio de esperar pelo início da temporada. Atenção, ALTAMENTE VICIANTE!

 

Ricardo Glenn Baptista

No Comments

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE