December 14, 2019

Na primeira ronda dos playoffs, três dos quatro jogos foram ganhos pela equipa visitante, demonstrando não só que a sombra do Super Bowl coloca pressão em todas as equipas e retira um pouco da vantagem de jogar em casa mas também que o equilíbrio entre as equipas ainda em competição era visível. Isto refletiu-se também no facto de quase todos os jogos terem sido decididos por três pontos ou menos.

Chegados à segunda ronda, a nota de equilíbrio deverá ser consideravelmente menor. Na verdade, só se espera um jogo renhido em toda esta ronda. Mas a NFL costuma o agradável hábito de confundir as expectativas e provar que o impossível está sempre ao virar da esquina.

Que equipas vão mostrar o seu poderio e quais vão transcender os seus limites? Só a partir de amanhã poderemos saber ao certo. Para já, ficam as minhas previsões:

 

New Orleans Saints @ Seattle Seahawks

A NFL é um jogo de match-ups, de confrontos diretos. Mais do que se ser uma equipa pior ou melhor, é fundamental perceber em que áreas se é melhor ou pior. Este duelo entre os Saints e os Seahawks é um excelente case study para isso mesmo. Sim, a equipa de Seattle é melhor de um modo geral (é considerada, aliás, a mais forte em toda a liga), mas há uma razão que os torna ainda mais favoritos neste confronto. É que toda e qualquer esperança de upset por parte dos Saint passa pelo talento transcendente no passe do seu quarterback, Drew Brees. Onde está o problema? É que a defesa dos Seahawks, que é bastante boa como um todo, é especialmente talentosa na sua linha secundária e deverão sufocar os receivers dos Saints durante todo o jogo. Ao nível defensivo, embora a defesa de New Orleans se tenha estado a apresentar em bom plano, a espada de dois gumes de Russell Wilson e Marshawn Lynch deverá ser suficiente para perfurar as linhas defensivas dos Saints. Será uma tareia? Duvido. Mas ficaria muito chocado se os Seattle não avançarem para a final de conferência.

Favorito: Seattle Seahawks

 

Indianapolis Colts @ New England Patriots

Qualquer leitura analítica deste jogo não nos deixa muitas outras hipóteses nesta previsão. Francamente, não há nenhuma dimensão do jogo – seja esta tática, posicional ou mental – em que os Patriots não devam ser considerados unanimemente favoritos. Os Patriots são, pura e simplesmente, melhores. Mas livrem-se os fãs de New England de achar que a vitória está garantida. Porquê? Por duas simples razões. Em primeiro lugar, apesar do esforço incrível que a sua defesa tem demonstrado, depois de um ano minado por lesões em todos os seus melhores talentos, poderá ser este o jogo em que os Patriots finalmente vão quebrar defensivamente? Em segundo lugar, nunca nos podemos esquecer da única variável que tem o poder de mudar um jogo só por si – um quarterback com a mistura certa de talento, confiança e sorte. E os Colts têm um dos melhores exemplares no seu plantel. Durante muitos anos, era o talento de Peyton Manning que os mantinha sempre na corrida ao título. Este ano, os holofotes estão todos voltados para Andrew Luck.

Favorito: New England Patriots

 

San Francisco 49ers @ Carolina Panthers

Este jogo vai ser uma batalha campal. É a previsão mais fácil de fazer. Não seria chocante que o confronto terminasse com todos os jogadores caídos no relvado, doridos e exaustos. Foi isso que aconteceu quando os 49ers e os Panthers se defrontaram durante a temporada regular (os Panthers saíram vencedores) e é isso que vai acontecer neste Domingo. Ambas as equipas têm quarterbacks  jovens e talentosos (Colin Kaepernick e Cam Newton), com a capacidade de fazer um passe crucial ou confundir as defesas quando decidem correr com a bola. Ambas focam o seu ataque no running game, com o veterano Frank Gore, dos 49ers, a medir forças com dupla de DeAngelo Williams e Mike Tolbert. E ambas têm defesas incrivelmente sufocantes, que colocam pressão constante nas linhas ofensivas pela sua frente. Justin Smith e Aldon Smith de um lado. Luke Kuechly e Greg Hardy do outro. A sério, este jogo vai ser uma batalha campal. E, no fim, por entre a névoa de sangue e suor, só um pode sair vencedor. O meu voto vai para os Panthers porque, vou ser sincero, é o que desejo que aconteça.

Favorito: Carolina Panthers

 

San Diego Chargers @ Denver Broncos

Os Chargers já conseguiram uma surpresa suficientemente grande quando eliminaram os Bengals. Fizeram um grande jogo, mostraram uma defesa muito mais forte do que alguma vez tinha parecido durante toda a época regular e conseguiram tornar o jogo mais lento e adequado ao seu estilo de jogo calculista. E, acima de tudo, conseguiram arruinar completamente a confiança do quarterback adversário, o consistentemente inconsistente Andy Dalton. Este jogo que se segue vai ser… bem, completamente diferente. Se, por um lado, é verdade que a defesa dos Broncos não é conhecida por ser especialmente dominadora, a dura realidade é que Peyton Manning não é Andy Dalton. Peyton Manning, do alto dos 37 anos, é, pura e simplesmente, um dos melhores jogadores de sempre e o mais que provável MVP desta temporada, na qual bateu todo o tipo de recordes ofensivos que havia para bater. Os Broncos têm alguns problemas e podem vir acusá-los nas rondas seguintes, mas seria preciso nada menos que um milagre para os Chargers avançarem na competição.

Favorito: Denver Broncos

Pedro Quedas

No Comments

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE