December 13, 2019

Esta semana foi recheada de surpresas. Os Detroit Lions derrotaram os Green Bay Packers em Lambeau Field. Os Chicago Bears destruíram os ascendentes Saint Louis Rams por 37-13. E até os Kansas City Chiefs – que estão a ter uma época muito complicada – dominaram os Denver Broncos, por 29-13. Mas este jogo teve outra narrativa bem mais interessante:

 

O recorde agridoce de Peyton Manning

À entrada para o jogo desta jornada contra os Kansas City Chiefs, faltavam apenas duas passing yards para Peyton Manning superar o recorde de Brett Favre para mais passing yards acumuladas em toda a história da NFL (o ridículo total de 71838 yards). O primeiro passe de Peyton Manning foi uma interceção. Um começo pouco auspicioso. Quando regressou ao campo, Manning converteu o seu passe seguinte – um passe de quatro yards para Ronnie Hillman. O recorde estava quebrado – um responsável do Pro Football Hall of Fame interrompeu o jogo e recolheu a bola para a posteridade. Este foi o fim das boas notícias, dado que Manning acabou por ter um dos piores jogos da sua longa e aclamada carreira. Antes de ser substituído por Brock Osweiler a meio do terceiro período, o veterano quarterback terminou o jogo com umas míseras 35 passing yards, converteu apenas 5 em 20 passes e acumulou quatro interceções sem registar um único touchdown. O seu passer rating final foi de 0 – um número quase sem precedentes. E isto tem sido um triste reflexo da temporada de Manning até agora. Os Broncos têm ganho bastante, é certo, mas tem sido devido à sua defesa. Em 9 jogos, Peyton tem apenas 9 passes para touchdown e 17 interceções (um número que lidera toda a liga). Uns falam de lesões que têm atacado as velhas ossadas de Manning, outros de um simples declínio natural das suas qualidades. Seja qual for a razão, Manning está a ter um fim de carreira muito agridoce. Ainda assim, com o tempo, esta época será esquecida. O legado? Esse será imortal. E ninguém o poderá tirar ao (lamentavelmente mortal) génio que o construiu.

 

JJ Watt arruína perfeição dos Bengals

E depois sobravam duas. Apenas o New England Patriots e os Carolina Panthers se mantêm invictos, depois dos Cincinnati Bengals terem sido derrotados em casa pelos Houston Texans, num dos mais surpreendentes resultados de uma jornada já por si recheada de surpresas. Os Houston Texans conseguiram uma dura vitória por 10-6 ancorada na sua defesa, onde figura J. J. Watt, que normalmente é considerado, de longe, o melhor jogador defensivo na liga, mas tem estado este ano um pouco mais discreto. Não neste jogo, onde, apesar dos números não revelarem assim tanto, Watt pareceu estar em todo o lado, criando inúmeras indecisões no normalmente seguro (pelo menos esta época) Andy Dalton. Os Bengals viram a sua caminhada para a perfeição interrompida, mas continuam em excelente posição para começar os playoffs numa posição favorável e preparar um provavelmente inevitável confronto contra os New England Patriots. Já a situação dos Texans é bem mais interessante. Foram considerados, a certo ponto desta temporada, uma das piores equipas da liga – em grande parte devido à sua falta de soluções a quarterback, dado que tanto Brian Hoyer como T. J. Yates são… vá, fraquitos. Mas com a sua defesa finalmente a carburar, os Texans estão agora com um registo de 4 vitórias e 5 derrotas, empatados no primeiro lugar da sua divisão com os Indianapolis Colts, que têm estado em claro declínio e têm Andrew Luck a batalhar constantes lesões. É possível até que os Jaguars se intrometam na discussão por um lugar nos playoffs. Seja por boas ou más razões, a AFC South poderá ser uma das histórias mais interessantes nas contas de final de época.

 

Forças imparáveis

Todd Gurley é difícil de parar:

Gif 1

Antonio Brown esfrega-te na cara que não o consegues parar:

Gif Extra 2

Já Danny Amendola… só foi parado pelos próprios colegas de equipa:

Gif 4

 

 

Resultados 10ª Semana

BUFFALO BILLS – 22 X 17 – New York Jets

CAROLINA PANTHERS – 27 X 10 – Tennessee Titans

DETROIT LIONS – 18 X 16 – Green Bay Packers

Dallas Cowboys – 6 X 10 – TAMPA BAY BUCCANEERS

CHICAGO BEARS – 37 X 13 – Saint Louis Rams

New Orleans Saints – 14 X 47 – WASHINGTON REDSKINS

MIAMI DOLPHINS – 20 X 19 – Philadelphia Eagles

Cleveland Browns – 9 X 30 – PITTSBURGH STEELERS

JACKSONVILLE JAGUARS – 22 X 20 – Baltimore Ravens

MINNESOTA VIKINGS – 30 X 14 – Oakland Raiders

NEW ENGLAND PATRIOTS – 27 X 26 – New York Giants

KANSAS CITY CHIEFS – 29 X 13 – Denver Broncos

ARIZONA CARDINALS – 39 X 32 – Seattle Seahawks

HOUSTON TEXANS – 10 X 6 – Cincinnati Bengals

 

Nota: as equipas que jogam em casa estão à direita, tal como é apresentado nos sites de desporto norte-americanos.

Pedro Quedas

No Comments

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE