October 19, 2018

Os Packers voltaram a dar uma tareia. J. J. Watt voltou a marcar um touchdown. Os Cardinals são muito, muito bons e as equipas da NFC South são todas muito, muito más. O futuro da NFL é fluído e muda de “tendência” a cada jornada. Vamos lá dar uma olhadela à única coisa que parecer fazer sentido todos os anos – uma vitória dos Patriots.

 

O (inevitável) domínio dos Patriots

Depois da pesada derrota (41-14) contra os Kansas City Chiefs na 4ª jornada, os New England Patriots viram-se com um parcial de 2-2 e rodeados de conversa cruzada sobre o fim de uma era. Chegou-se mesmo a discutir se não seria a altura do veterano Tom Brady dar lugar ao jovem quarterback Jimmy Garoppolo. O que se seguiu foi algo que já devíamos todos estar à espera. Seis vitórias seguidas – com especial destaque para as recentes tareias a dois candidatos ao título (43-21 aos Denver Broncos e 42-20 aos Indianapolis Colts). Os Patriots continuam uma sequência muito dura de jogos nas próximas quatro jornadas. Depois de Broncos e Colts, seguem-se os Lions, os Packers, os Chargers e os Dolphins. Mesmo assim, os Patriots voltaram a chegar ao topo da AFC, o seu lugar de direito. Vamos todos ter um pouco mais de caução antes de voltar a dizer-lhes que está na hora de sair do pedestal.

 

NFC South e o triunfo da mediocridade

Os Atlanta Falcons lideram, neste momento, a divisão NFC South. Algo que não seria especialmente motivo de notícia, não fosse o facto de terem um registo negativo (4-6). Isto torna-se ainda mais escandaloso se considerarmos que o vencedor de cada divisão tem passagem garantida aos playoffs, independentemente do seu registo. Os New Orleans Saints (também com um registo de 4-6 no momento) continuam a ser apontados para eventualmente vencer a divisão, embora muitos prevejam que o façam na mesma com um registo negativo. Ao mesmo tempo, os Seattle Seahawks (6-4), fruto de um calendário de jogos restante extra difícil e algumas desvantagens nos critérios de desempate, arriscam-se seriamente a não ter a oportunidade de defender o seu título nos playoffs. As regras são tramadas.

 

Dor, dor… e mais dor

Para terminar a semana, uma demonstração das razões porque não é qualquer um que se arrisca a jogar na NFL.

Exemplo 1

 

Exemplo 2

 

Exemplo 3

 

Three strikes. They’re all out…

 

Resultados da 11ª Semana:

Buffalo Bills – 9 X 22 – MIAMI DOLPHINS

ATLANTA FALCONS – 19 X 17 – Carolina Panthers

Minnesota Vikings – 13 X 21 – CHICAGO BEARS

HOUSTON TEXANS – 23 X 7 – Cleveland Browns

Seattle Seahawks – 20 X 24 – KANSAS CITY CHIEFS

CINCINNATI BENGALS – 27 X 10 – New Orleans Saints

TAMPA BAY BUCCANEERS – 27 X 7 – Washington Redskins

Denver Broncos – 7 X 22 – SAINT LOUIS RAMS

SAN FRANCISCO 49ERS – 16 X 10 – New York Giants

Oakland Raiders – 6 X 13 – SAN DIEGO CHARGERS

Philadelphia Eagles – 20 X 53 – GREEN BAY PACKERS

Detroit Lions – 6 X 14 – ARIZONA CARDINALS

NEW ENGLAND PATRIOTS – 42 X 20 – Indianapolis Colts

PITTSBURGH STEELERS – 27 X 24 – Tennessee Titans

 

Nota: as equipas que jogam em casa estão à direita, tal como é apresentado nos sites de desporto norte-americanos.

 

Pedro Quedas

No Comments

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE