October 19, 2018

Ainda agora começámos esta nossa aventura e já tivemos de atirar ao ar todas as páginas do “guião” que era suposto estar escrito para a NFL este ano. Não tenho qualquer dúvida que, eventualmente, os “favoritos” vão começar a demonstrar porque são descritos como tal. Mas, para já, é altura de dar algum destaque aos talentos de algumas equipas e jogadores menosprezados pela maioria dos media:

 

Previsões? O que é isso de “previsões”?

Dos Carolina Panthers era esperado que regredissem consideravelmente este ano, depois de uma pré-temporada absolutamente desastrada, em que saíram vários jogadores importantes e, para o seu lugar, entraram suplentes de outras equipas – estão com duas vitórias em dois jogos na NFC South, uma das mais duras divisões da liga. Já os Buffalo Bills foram indicados como uns dos principais candidatos a serem a pior equipa na NFL – começaram com duas vitórias impressionantes sobre os (supostamente) mais fortes Chicago Bears e Miami Dolphins. E o que dizer dos Arizona Cardinals, que, com duas vitórias em dois jogos, lideram uma divisão onde jogam os San Francisco 49ers e os campeões em título Seattle Seahawks? Apenas que o começo desta temporada parece determinado em ridicularizar todos os incautos que se aventuraram a fazer previsões. Esqueçam as previsões. Isto é a NFL. Agarrem-se ao assento e disfrutem da viagem.

 

O pequeno gigante

Se o tema principal desta 2ª jornada foram as vitórias dos “pequenos clubes”, a história mais interessante foi a explosão de um jogador que de pequeno só tem a estatura. Do alto do seu 1,68 m, o running back veterano Darren Sproles, dos Philadelphia Eagles, continua a usar a sua destreza e velocidade para furar as linhas defensivas das formas menos convencionais possíveis. Como se isso já não fosse suficiente, o facto de jogar ao lado de LeSean McCoy, um dos melhores running backs da liga, liberta-o para se soltar dos marcadores e funcionar como um alvo extra para os passes de Nick Foles. O resultado está a vista: 152 yards como secondary receiver na vitória suada contra os Indianapolis Colts. No ataque supersónico da equipa de Philadelphia, Sproles é o Ás na manga do treinador Chip Kelly e um jogador do qual nunca sabemos o que pode sair a cada jogo. Ao longo da sua carreira, os contributos de Darren Sproles tendem a ser vistos sempre como uma espécie de aberração. Talvez seja a altura de aprendermos a lição.

 

Todas as cores do arco-íris

Vamos terminar este texto com mais uma mostra de como tudo pode acontecer nesta liga. A NFL é uma liga onde podemos ver um passe incrível atirado por um wide receiver

 

… uma recepção para touchdown por parte de uma estrela defensiva…

 

… um rookie a mostrar a compostura de um veterano…

 

… um homem a deixar linhas de fumo atrás de si enquanto percorre o campo inteiro…

 

… e, ok, isto já não é tão invulgar: um quarterback a ser demolido por um comboio em forma de ser humano.

 

Resultados da 2.ª Semana:

Pittsburgh Steelers – 6 X 26 – BALTIMORE RAVENS

Detroit Lions – 7 X 24 – CAROLINA PANTHERS

Miami Dolphins – 10 X 29 – BUFFALO BILLS

Jacksonville Jaguars – 10 X 41 – WASHINGTON REDSKINS

DALLAS COWBOYS – 26 X 10 – Tennessee Titans

ARIZONA CARDINALS – 25 X 14 – New York Giants

NEW ENGLAND PATRIOTS – 30 X 7 – Minnesota Vikings

New Orleans Saints – 24 X 26 – CLEVELAND BROWNS

Atlanta Falcons – 10 X 24 – CINCINATTI BENGALS

SAINT LOUIS RAMS – 19 X 17 – Tampa Bay Buccaneers

Seattle Seahawks – 21 X 30 – SAN DIEGO CHARGERS

HOUSTON TEXANS – 30 X 14 – Oakland Raiders

New York Jets – 24 X 31 – GREEN BAY PACKERS

Kansas City Chiefs – 17 X 24 – DENVER BRONCOS

CHICAGO BEARS – 28 X 20 – San Francisco 49ers

PHILADELPHIA EAGLES – 30 X 27 – Indianapolis Colts

 

Nota: as equipas que jogam em casa estão à direita, tal como é apresentado nos sites de desporto norte-americanos.

 

Pedro Quedas

No Comments

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE