December 8, 2019

Caros leitores,

 

Ontem o dia amanheceu com uma triste notícia, o avião que levava a equipa da Associação Chapecoense de Futebol despenhou-se vitimando praticamente todo o plantel.

 

No relvado cumpriu-se uma bonita homenagem do minuto de silêncio em memória dos jogadores da Associação Chapecoense de Futebol.

https://youtu.be/mQBmtG-MmmA

 

O entardecer de Outono no Estádio do Dragão, mais parecia Inverno tais foram as rajadas vindas de sul que se fizeram sentir na bancada e no próprio relvado!

 

Quem esteve escalado para jogar foi Willy Boly que pela infelicidade de perder o Pai foi dispensado.

Muita força para o Boly neste momento de dor.

anexo-ii

 

Como vem sendo habitual aqui vos deixo a minha pontuação para o jogo de ontem:

 

anexo-iv

 

Hugo Ventura – Para quem não tem sido utilizado fez um bom jogo, com uma boa defesa na primeira parte e uma defesa brilhante a um remate do Brahimi

João Diogo – É um jogador muito emotivo, fez um jogo sólido, mas como capitão não pode discutir com o árbitro daquela maneira, arriscando mesmo a ser expulso

Mica Pinto* – Um jogador diferente do Florent, muito bem defensivamente, diria até exemplar, tornando-se ainda mais evidente na 2ª parte quando o Luís Silva quebrou e teve todo o corredor esquerdo a seu cargo. O Florent é rápido, ataca bem, mas Mica Pinto mostrou que não será fácil não lhe dar mais minutos depois desta exibição

Gonçalo Silva – A crescer de forma, sábado teve os primeiros minutos, ontem esteve muito bem novamente

Domingos Duarte – Na realidade no jogo de ontem o Belenenses jogou com 3 centrais, para além de Gonçalo Silva, tiveram a companhia de Depoitre

João Palhinha – Este mais uma vez muito bem, atentem a este rapaz, vai ter um enorme futuro, alto, com bons pés, não foge ao choque, o Sporting pode dar-se por contente de ter um jogador assim. Felizmente neste momento joga pelo Belenenses

Hassa Yebda – Apostei que faria 30 minutos, fez 54 e superou as expectativas. Deu para levar um amarelo e levar com os holofotes do Dragão na careca

Luís Silva – Foi uma das surpresas no onze, jogou bem na primeira parte, e quebrou muitíssimo na 2ª parte, tendo inclusivamente deixado o Mica Pinto a defender sozinho e há uma jogada em que poderia ter mesmo comprometido o resultado

Miguel Rosa – Ter Miguel Rosa na equipa é sinal de qualidade, mais uma vez mostrou que merece ser titular na equipa, penso que a substituição mais certa seria a saída do Luís Silva e não do Miguel

Benny – Começou bem, algo nervoso, borrou a pintura com a entrada feia que fez sobre o Rúben Neves, deixando a equipa sem possibilidade de ir discutir o resultado, tendo para isso de fazer o sacrifício de defender

Andric – Grande jogo, lutou, lutou e lutou. Foi um jogo de enorme esforço e ganhou algumas bolas em que ninguém pensava ser possível

Vítor Gones – Refrescou o meio campo e esteve bem na contenção

Gerso – Fez uma bonita cueca a um adversário, mas com a equipa toda a defender, não deu para ir para o ataque

Abel Camará – Entrou ao minuto 79 e pouco ou nada conseguiu fazer

Depoitre – Que dizer deste central do Belenenses? Jogaço a destruir o jogo do Porto

 

Em jeito de rescaldo, foi um jogado disputado nos primeiros minutos, mas morreu ao minuto 41 com a expulsão do Benny e consequente retranca do Belenenses. Com 10 jogadores, num Estádio do Dragão a salivar por uma vitória do clube da casa e pelo que a equipa do Belenenses soube sofrer, tem de ser considerado um bom resultado. É verdade que com 11 jogadores penso que o vento de sul seria bastante mais frio e poderia ter caído uma pinga de chuva no relvado!

assinatura

Hugo Morgado

No Comments

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE