December 13, 2019

 

– O que levas aí? São medalhas senhor… – What?! É tipo mérito, ganhar coisas e tal – Ah. OK. Mas a minha cena é mais Benfica pá!

 

Há nomes que entram pelas nossas janelinhas (ou postigos, como preferir) tipo foguetes de quatro em quatro anos: Fernando Pimenta. Tiago Apolónia. Telma Monteiro. Aquele manolas do lançamento do peso que gostava mesmo era de bater uma sorna. E o indivíduo da fusca de ar comprimido que ganha tudo o que são Taças Latinas, da Europa, do Mundo, do Sistema Solar e depois chega aos Olímpicos e fica invariavelmente em 47º lugar.

Ora alguns destes nomes tiveram este ano, sob o argumento de ‘bora lá aquecer para os Olímpicos do Rio de Janeiro’, oportunidade de se mostrar ao Mundo numa competição ‘DurãoBarrosamente’ chamada Jogos Europeus, com sede nessa Londres virada ali ao Mar Cáspio chamada Baku, no Azerbaijão.

Vários Eurodeputados tentaram boicotar a organização dos mesmos, alegando que a construção de alguns (para não dizer mesmo todos) os Estádios foi feita “sob condições de escravidão”.

“Alto lá e pára o certame!”, apontou a comunidade Internacional, “Segue Jogos, isso agora não interessa”, declararam os responsáveis.

De 12 a 28 deste mês temos então que vários ‘azerbaijinhos’ já caíram (e espera-se que continuem a cair) de Baku, a falar em excelente ‘Euro-Português’, a saber:

– JOÃO SILVA (ou uma versão masculina de Vanessa Fernandes) começou por limpar a prata na prova de Triatlo, após excelente “jogada táctica” dos ‘Não-Tão-Euro-Quanto-Isso-Britânicos’ terem consolidado a vantagem conquistada no ciclismo. Gordon Benson ficou com o ouro, o também ‘Euro-Português’ João Pereira terminou na oitava posição.

João Silva, rodeado de Europeus, de prata ao pescoço

 

 

João Silva, rodeado de ‘Não-Europeus’, aqui em acção nos Olímpicos de Londres

 

– FERNANDO PIMENTA (também conhecido como ‘A Enguia de Ponte de Lima’) sacou não uma mas duas pratinhas para a Tugalândia, terminando a prova de K1 1000m atrás de um ‘Euro-Alemão’ e a de 5000m atrás… do mesmo ‘Euro-Alemão’. Convém referir que ainda deu uma mãozinha na prova de K4 1000, onde Portugal fez quinto.

tweet da ‘Enguia’ Limiana. No Minho já ninguém tira a carta, vai tudo a remar para o trabalho…

 

Fernando ‘Enguia’ ‘Prata’ Pimenta. O homem só pára de remar para dormir. Quando não dorme… já adivinharam!

 

‘Enguia Limiana’ de prata na pata. Ou de pata na prata. No fundo, Prata!

 

– APOLÓNIA e amigos MARCOS FREITAS e JOÃO GERALDO não fizeram a coisa por menos e surripiaram o ouro das mãos dos ‘Euro-Franceses’ Mattenet, Gauzy e Lebessone.

Sempre a varrer!

 

Geraldo justificou plenamente o abraço efusivo de Emídio Guerreiro no final da cousa. Durou menos de 15mins isto…

Com este triunfo Portugal garante ser o primeiro obstáculo além-Urais para o domínio absoluto dos ‘Não-Euro-Sul-Coreanos’ e ‘Amigavelmente Euro-Chineses’. Muito muito fixe!

– RUI BRAGANÇA (deste nunca ninguém ouviu falar) fanou o segundo ouro no taekwondo -58kg, batendo a caminho da final um ‘Euro-Turco’, um ‘Euro-Sérvio’ e um ‘Euro-Belga’. Na final malhou num ‘Euro-Espanhol’, Jesus Cabrera, levando-o ao tatame por 6-5.

How To Kick A Spaniard For Dummies, by Bragança, Rui

MAIS BAKU e mais informações sobre ‘azerbaijinhos’ AQUI

http://comiteolimpicoportugal.pt

 

– Traz-me dois bonés e uma mariconera sff. – Logo vejo chefinho…

 

AGORA NÃO QUERO BAIJINHOS, SÓ ABRAÇOLAS!

– RUI COSTA (ou ‘O Trovão da Póvoa de Varzim’) está de regresso à melhor forma e tem completado (bem sabemos que o interesse pelo Ciclismo é igual ao amor por baratas mas prossiguemos) as Clássicas das Ardenas nas melhores posições de sempre para Portugal: 4º na Amstel Gold Race e 4º na Liège-Bastogne-Liège. Foi igualmente 4º classificado na Paris-Nice e está de pedais bem aquecidinhos para o Tour, que arranca no próximo dia… 4 de Julho.

– MIGUEL OLIVEIRA está imparável no Moto3 e esteve mesmo a liderar o GP da Catalunha até à última volta. Quem acompanha MotoGP sabe que um líder bem ‘sombreado’ se não aguenta bem a pressão… salta logo para 5º ou 6º.

Foi o que se passou com Oliveira (KTM), que terminou a prova em 5º mas mantém-se ainda assim em 3º lugar do Mundial, com 77 pontos, contra 98 de Bastianini (Honda) e 149 de Danny Kent (Honda), quando ainda faltam onze provas para disputar.

Depois de ter caído no Qatar e nas Américas, Oliveira fez 4º na Argentina, 2º em Espanha (Jerez) e 8º em França, antes de chegar a Mugello e fazer isto!

Convém dizer que tem apenas 20 aninhos…

– LARCHER DE BRITO, Michelle (a ‘Histérica do Gramadinho’) acabou há pouco de vencer Ana Ivanovic no WTA de Birmingham/Aegon Classic, após dupla falta da #7 do Mundo. Michelle (22 anos) volta assim a fazer-se ouvir nos courts Ingleses, ela que sempre fez mais barulho em relva, onde já defrontou, entre outras, Maria Sharapova (vitória, 2ª ronda de Wimbledon 2013) e Serena Williams (derrota, 1ª ronda de Wimbledon 2010).

frente à Melhor de Sempre

frente à Russa

frente à Sérvia

Michelle, apesar de ser actualmente #126 do WTA, já foi #76 do Mundo e tem actualmente um prize money acumulado de mais de 700 mil EURs.

Há quem diga que só sabe ‘passar bolas’ (por exemplo, Nós dizemos!) mas volta e meia entusiasma-se no meio da gritaria e ‘marca uns pontos’.

E UMA MENSAGEM, NÃO DEIXAS?

Deixamos a do costume: há vida para além do Futebol. Do Jesus. Do Rui Santos. Do Vitória, do Vieira, do Lopetegui e do Pinto da Costa.

Portugal tem registado resultados impressionantes nos últimos tempos – verdadeiros epifenómenos de talento à solta, trabalhado invariavelmente lá fora, vide João Sousa ou Fernando Pimenta, só para citar um parzito – que passam completamente ao lado da exposição mediática.

É aceitável que os atletas (Nélson Évora costuma ser ‘porta-voz’ da indignação) protestem a pequenez de um país que continua de holofotes apontados aos ‘Semi-Deuses’ José e Cristiano, que, por mais que metam o pão na mesa a muitos editores e jornalistas estão longe de ser casos isolados de sucesso além-fronteiras.

É claro que a fórmula E = MC2 (Mourinho e Cristiano ao quadrado) resulta porque… sim.

Porque ‘mexe’ com o tasco e com a auto-estima geral do António e da Maria. Só que, no meio de 10M de nababos, a Televisão (e o online, sobretudo o online tem a obrigação de ‘empurrar’ estes vencedores além-Futebol!) só fala de quem acha que vale a pena e não de quem vale verdadeiramente a pena. Muitos atletas aproveitam o 2.0 para nos lembrarem que existem…

Nós sabemos que vocês andam aí meus caros!

Não se preocupem que cá estaremos para vos dar o mais que merecido destaque!

#MissãoAtletazão

#ForcaPortugal

Manuel Tinoco de Faria

No Comments

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE