August 25, 2019

Numa semana com tantas vitórias importantes e que mostram o rumo que esta temporada está a levar, é curioso que tenhamos tido o primeiro empate deste ano, no louco confronto ofensivo (porque não houve qualquer defesa em campo) entre os Carolina Panthers e os Cincinatti Bengals, que terminou 37-37 após prolongamento. Mas a grande história desta jornada é a inesperada boa forma de uma certa equipa do Texas…

 

Os Cowboys estão aqui para ficar

Ninguém esperava este ano que os Dallas Cowboys fossem especialmente competitivos. Sim, boas coisas que se esperavam de um ataque com Tony Romo, Dez Bryant e DeMarco Murray, mas a defesa, com muitas baixas de vulto, era suposto ser desastrosa. Mas o trabalho do recém-contratado coordenador defensivo Rod Marinelli tem-se revelado milagroso. Chegados à 6ª jornada, os Cowboys caminhavam para o que era suposto ser uma dose generosa de humildade. A jogar contra os campeões em título? No recinto mais invencível em toda a liga? A única questão era qual seria a dimensão da tareia. Mas depois o jogo começou. E os Cowboys dominaram e dominaram e dominaram mais um pouco. O resultado final de 30-23 não ilustra a lição de bola que os Seahawks levaram em casa. E com confrontos contra Giants, Redskins, Cardinals e Jaguars nas próximas quatro jornadas, não é totalmente descabido que os Cowboys cheguem à sua jornada de descanso com um registo de 9 vitórias em 10 jogos. Quem diria?

 

A mão quente de Joe Flacco

O primeiro aconteceu ainda não tinham passado dois minutos de jogo. Quatro minutos depois, veio o segundo. O terceiro surgiu exatamente aos 10 minutos. E, com apenas um segundo para jogar no primeiro período, os Tampa Bay Buccaneers sofreram o quarto touchdown no jogo. Com mais um touchdown e outro field goal, Joe Flacco liderou os seus Baltimore Ravens para uma vantagem de 38-0 ao intervalo. Foi um jogo em que tudo correu mal aos Bucs e tudo saiu bem a Flacco – que, com a proeza, se tornou o quarterback a conseguir cinco touchdowns num jogo mais rapidamente. Os Ravens têm tido um começo atribulado, principalmente na sequência da controvérsia com Ray Rice, mas agora têm um registo de 4-2 e parecem estar prontos a montar uma luta feroz por um lugar nos playoffs.

 

Uma liga estranha

Nesta semana, vamos celebrar a estranheza no desporto. Começamos com uma forma estranha de cortar um passe…

 

… seguida de uma forma estranha de evitar um defesa…

 

… passando por uma forma estranha de manter a posse de bola…

 

… e concluindo com uma forma estranha de celebrar um touchdown.

 

Mantenham-se estranhos, fãs da NFL!

 

Resultados da 6ª Semana:

INDIANAPOLIS COLTS – 33 X 28 – Houston Texans

Carolina Panthers – 37 X 37 (OT) – Cincinnati Bengals

Jacksonville Jaguars – 14 X 16 – TENNESSEE TITANS

BALTIMORE RAVENS – 48 X 17 – Tampa Bay Buccaneers

DENVER BRONCOS – 31 X 17 – New York Jets

DETROIT LIONS – 17 X 3 – Minnesota Vikings

NEW ENGLAND PATRIOTS – 37 X 22 – Buffalo Bills

Pittsburgh Steelers – 10 X 31 – CLEVELAND BROWNS

GREEN BAY PACKERS – 27 X 24 – Miami Dolphins

SAN DIEGO CHARGERS – 31 X 28 – Oakland Raiders

CHICAGO BEARS – 27 X 13 – Atlanta Falcons

DALLAS COWBOYS – 30 X 23 – Seattle Seahawks

Washington Redskins – 20 X 30 – ARIZONA CARDINALS

New York Giants – 0 X 27 – PHILADELPHIA EAGLES

SAN FRANCISCO 49ERS – 31 X 17 – Saint Louis Rams

 

Nota: as equipas que jogam em casa estão à direita, tal como é apresentado nos sites de desporto norte-americanos.

 

Pedro Quedas

No Comments

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE