December 7, 2019

John John Florence, depois de se tornar campeão do mundo de surf, venceu o troféu do Triple Crown, um troféu que premeia o melhor surfista no conjunto das 3 etapas no Hawaii.

 

 

Na frente da tabela, e à entrada para esta última etapa, o Billabong Pipe Masters, estava o português Frederico Morais, que tinha uma vantagem de 3,700 pontos sobre John John. O Frederico Morais por se encontrar na luta pelo troféu, foi convidado a competir na prova pela primeira vez na sua jovem carreira, dado que esta prova é exclusiva para os surfistas do Championship Tour. A verdade é que o Português não passou da Ronda 2, e deixou caminho aberto para John John que só precisava de chegar aos Quartos de Final assumir a liderança na corrida pelo troféu.

 

John John chegou aos quartos de final, mas foi eliminado nessa fase da prova pelo Michel Bourez que viria a ser o vencedor da prova. No entanto, embora estivesse na primeira posição do ranking Triple Crown, teria agora de esperar que o lendário Kelly Slater não vencesse a prova. Nas meias finais Kanoa Igasashi, um dos rookies do ano, na ultima onda do Heat a escassos segundos do final, apanhou uma das ondas da prova e fez com que o 11 vezes campeão do mundo, Kelly Slater, ficasse pelas meias finais, entregando o título do Triple Crown a John John Florence.

 

O Championship Tour volta em Março, para o arranque da época de 2017, e terá novamente a presença dum português, depois Tiago Pires que era até hoje o único português a conseguir tal feito.

Deixo-vos um cheirinho do que foi o Billabong Pipe Masters…

http://www.worldsurfleague.com/posts/235489/backdoor-barrel-fest

Miguel Vieira

No Comments

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE