August 25, 2019

A primeira ronda dos playoffs foi… peculiar. Tivemos a defesa dos Carolina Panthers a destruir a alma do quarterback dos Arizona Cardinals, Ryan Lindley, apesar do ataque estar a tentar entregar o jogo (Cardinals 16 X 27 Panthers). Tivemos o front seven dos Baltimore Ravens a demolir a linha ofensiva dos Pittsburgh Steelers e a ditar uma vitória relativamente surpreendente (Ravens 30 X 17 Steelers). E, claro, quem pode esquecer a vitória dos Dallas Cowboys sobre dos Detroit Lions, marcada pela controversa e muito criticada decisão dos árbitros de marcar uma falta sobre os Cowboys e, pouco tempo, rescindi-la (Detroit Lions 20 X 24 Dallas Cowboys). O único jogo normal foi a esperada vitória confortável dos Indianapolis Colts de Andrew Luck sobre dos Cincinatti Bengals de Andy Dalton (Bengals 10 X 26 Colts).

Vamos ver com que tipo de loucura podemos contar na segunda ronda:

 

AFC DIVISIONAL ROUND

Baltimore Ravens @ New England Patriots

Há toda uma série de razões pelas quais temos de considerar os Patriots favoritos. A linha defensiva secundária dos Ravens é fraca – o que se pode revelar um problema contra um quarterback tão talentoso como Tom Brady. E a principal força de Joe Flacco são os passes longos, que podem ficar anulados pela dose ridícula de talento dos cornerbacks dos Patriots. E, de um modo geral, os Patriots são simplesmente bastante melhores. Mas o mesmo trunfo que os Ravens usaram para surpreender os Steelers na ronda anterior pode muito bem resultar contra os Patriots também – um pass rush demolidor, liderado por Terrell Suggs, Elvis Dumervil e Haoti Ngata. Considerando que a linha ofensiva dos Patriots não é especialmente impressionante, este jogo pode muito ser mais disputado que alguns pensam. Ainda assim, o favoritismo tem de estar do lado dos Patriots.

Vencedor: New England Patriots

 

Indianapolis Colts @ Denver Broncos

O veterano antigo líder dos Colts contra o jovem talento que agora lidera a equipa de Indianapolis. Manning Vs Luck. Ora aqui está um talento que pode ser incrível. Por um lado, Manning tem a experiência do seu lado e um conjunto de receivers ao seu dispor vastamente superior. Por outro, o veterano não tem jogado especialmente bem nos últimos jogos, originando rumores de estar a sofrer de uma potencial lesão. Luck tem a vantagem atlética do seu lado e uma capacidade impressionante de elevar o seu jogo nos grandes momentos. Dito tudo isto, os Broncos deverão vencer confortavelmente. O front seven defensivo de Denver é dos melhores na liga e vão dar muito mais problemas a Luck que a porosa defesa dos Colts deverá dar a Peyton Manning. O duelo entre quarterbacks não é desinteressante, mas este jogo deverá ser decidido nas trincheiras.

Vencedor: Denver Broncos

 

NFC DIVISIONAL ROUND

Carolina Panthers @ Seattle Seahawks

Os Panthers já se devem dar por muito satisfeitos por conseguirem transformar uma das suas piores temporadas de recente memória numa win streak que os levou à primeira vitória nos playoffs de Cam Newton. Foi num jogo estranho, em que a defesa dominou um quarterback inexperiente mas o ataque cometeu erros sucessivos, mas o que interessa isso? Uma vitória é uma vitória. Agora defrontam os campeões em título, Seattle Seahawks. Em Seattle, que conta com um dos públicos mais ferozes em toda a liga. Contra uma equipa que tem vindo a melhorar de forma com cada jogo que fazem. O jogo tem potencial para ser disputado se os Panthers conseguirem evitar grandes jogadas e Kuechly e Davis combinarem para controlar o poderoso running game dos Seahawks. Mas os Seahawks podem muito bem ser simplesmente bons demais. Este é o jogo com maior potencial para tareia.

Vencedor: Seattle Seahawks

 

Dallas Cowboys @ Green Bay Packers

Este é o jogo com maior probabilidade de variância no resultado. Embora eu ache que vai acabar por ser um confronto relativamente equilibrado, uma tareia dos Packers ou até mesmo dos Cowboys (se a lesão muscular de Aaron Rodgers se levar mais grave do que tem sido reportado) está completamente em aberto. De resto, temos aqui duelos entre unidades muito aproximadas. DeMarco Murray é um animal, mas a rushing defense dos Packers tem sido bastante adequada. Os receivers dos Packers são um perigo, mas o coordenador defensivo Rod Marinelli tem feito um trabalho incrível com os Cowboys, principalmente na linha secundária. E Aaron Rodgers é melhor que Tony Romo – mas não assim tão melhor. Num jogo muito difícil de prever, vejo-me forçado a fazer a escolha conservadora e apostar na experiência de playoffs dos Green Bay Packers.

Vencedor: Green Bay Packers

 

Pedro Quedas

No Comments

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE