December 13, 2019

Esta foi uma jornada sem grandes surpresas, em que, de um modo geral, os favoritos cimentaram a sua posição como tal na corrida aos melhores lugares nos playoffs. Ainda assim, houve lugar a grandes momentos de talento e, infelizmente, também alguns momentos de loucura e violência:

 

A noite louca de Odell Beckham Jr.

Os Carolina Panthers derrotaram os New York Giants para se manterem invictos e aumentarem o seu registo para um incrível 14-0. O jogo foi incrivelmente emocionante, com os Panthers a começarem por cavar uma vantagem de 35-7, antes de deixarem os Giants fazer uma recuperação miraculosa e empatar o jogo a menos de 2 minutos do fim. De seguida, Cam Newton – que voltou a cimentar a sua liderança na corrida ao MVP com o 3º em 5 jogos com 5 passing touchdowns – levou a sua equipa ao longo do campo e permitiu a Graham Gano converter um field goal no último segundo e garantir a vitória. Foi um jogo incrível. Mas nada disso interessou, porque Josh Norman é um bom bocado irritante e Odell Beckham Jr. passou-se completamente da cabeça. Habituado a destruir os seus adversários com as suas proezas atléticas e instintos fora do normal, o talentoso wide receiver dos Giants viu-se perante um dos melhores cornerbacks da liga e foi ficando gradualmente frustrado, culminando numa violentíssimo ataque à cabeça de Norman que o podia ter lesionado gravemente e lhe valeu, entretanto, um jogo de suspensão. Mas, como sempre, imagens valem muito mais que palavras:

 

Os eleitos da NFL

Em notícias mais positivas, foram anunciados os jogadores escolhidos para o Pro Bowl da NFL – essencialmente o All-Star Game do futebol americano, disputado na semana de “descanso” entre as finais de conferência e o Super Bowl. Não chocantemente, os Carolina Panthers lideram todas as equipas com 10 jogadores escolhidos – Cam Newton e Luke Kuechly lideram um grupo que inclui 5 estreantes, entre eles o respeitado veterano Thomas Davis e o emergente Josh Norman. Seahawks, Cardinals e Patriots seguem-se na lista dos mais escolhidos, com sete jogadores cada. Alguns dos destaques nesta longa lista vão para veteranos como Tom Brady, que é selecionado para um Pro Bowl pela 11º vez, ou Charles Woodson, que consegue a honra de ser escolhido (pela 9ª vez) naquela que já afirmou ser a sua última temporada na liga. Mas na verdade, o maior destaque terá de ir para Eric Berry, dos Kansas City Chiefs, que conseguiu a sua 4ª nomeação para o Pro Bowl um ano depois de lhe ter sido diagnosticado cancro. Por fim, uma nota curiosa sobre o Pro Bowl: muitas das suas maiores estrelas não querem jogar neste jogo. Porquê? Porque só estão elegíveis para o Super Bowl atletas que não joguem na semana seguinte no Super Bowl.

 

Talento em três actos

Para dominar na NFL é preciso uma dose generosa de três ingredientes essenciais. Um pouco de talento…

… uma pitada de determinação…

… e temperar com um pouco de sorte.

 

Resultados 15ª Semana

Tampa Bay Buccaneers – 23 X 31 – SAINT LOUIS RAMS

CAROLINA PANTHERS – 38 X 35 – New York Giants

NEW YORK JETS – 19 X 16 – Dallas Cowboys

Chicago Bears – 17 X 38 – MINNESOTA VIKINGS

ATLANTA FALCONS – 23 X 17 – Jacksonville Jaguars

HOUSTON TEXANS – 16 X 10 – Indianapolis Colts

Tennessee Titans – 16 X 33 – NEW ENGLAND PATRIOTS

Buffalo Bills – 25 X 35 – WASHINGTON REDSKINS

KANSAS CITY CHIEFS – 34 X 14 – Baltimore Ravens

Cleveland Browns – 13 X 30 – SEATTLE SEAHAWKS

GREEN BAY PACKERS – 30 X 20 – Oakland Raiders

Denver Broncos – 27 X 34 – PITTSBURGH STEELERS

Miami Dolphins – 14 X 30 – SAN DIEGO CHARGERS

CINCINNATI BENGALS – 24 X 14 – San Francisco 49ers

ARIZONA CARDINALS – 40 X 17 – Philadelphia Eagles

DETROIT LIONS – 35 X 27 – New Orleans Saints

 

Nota: as equipas que jogam em casa estão à direita, tal como é apresentado nos sites de desporto norte-americanos.

Pedro Quedas

No Comments

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE