November 15, 2018

 

Começou o campeonato! Aí está, regressa a competição maior, a nível nacional, de futebol! Mais uma época!

 

Mas ela não vem sozinha! Com ela vêm, novamente, a trolha que tem havido nos últimos tempos – os e-mails do Benfica, as queixinhas do Sporting e do Porto, o vídeo-árbitro, as acusações dos três uns contra os outros.

 

Ah mas futebol também! Já me estava a esquecer! Quer dizer, na verdade futebol já não podemos prometer. Mas o resto podemos! A trolha vai lá estar!

 

Eu, realmente, já não sei. Estou às aranhas com o futebol português. Nunca se falou tanto de corrupção, de máfias, de falta de transparência. Nunca se queixou tanto dos árbitros, da conduta indigna dos dirigentes e dos árbitros, da justiça nos resultados. Agora de futebol, que é bom, nada. Eu, aliás, já nem me lembrava, sequer, que iam voltar a haver jogos propriamente ditos. Acho que um gajo já se habituou a ver confusões todas as semanas, que até já confunde isso e prefere ao futebol.

 

Pode haver jogos o fim-de-semana todo. Pode o Fanhões golear o Sporting em Alvalade por 45-2, sendo os dois golos leoninos auto-golos do Tozé, dono da tasca lá em Fanhões. Pode o Benfica ir jogar com o equipamento da Juventus, com as camisolas todas a dizerem atrás: “Ronaldo”. Esqueçam, isso não é digno de constituir uma nota de registo. Nem se acha estranho por cá.

 

O que importa é que o Benfica enviou mais um e-mail à Lampilimpa, a empresa que limpa o Estádio da Luz, onde pedem à Dona Clotilde que esteja a limpar o Sector 24 às 08:30 e não às 09:00, como habitualmente, porque depois não tem tempo para o limpar todo a tempo de trocar o turno. ISSO É QUE É IMPORTANTE. Afinal de contas, isso pode significar que o Benfica pode andar a fazer lavagens de empregadas da limpeza no futebol português. Através delas, está-se a conseguir encobrir o Ti Armindo, da roulotte das bifanas, que não tem a licença válida para vender comes e bebes em dias de jogo. ISSO É QUE É IMPORTANTE. Agora, o futebol? O quê? Não, isso não vende e até já nem tem interesse nenhum.

 

Dona Clotilde, funcionária da Lampilimpa, exercendo as suas funções no Sector 24.

 

Podiam até criar uma tabela classificativa para as questões extra-futebol, que já são consideradas mais importantes que a própria modalidade. Mas uma coisa bem feita, com saldo e tudo. Autenticada e devidamente regulada pela Federação Portuguesa de Futebol. Ou então por alguma entidade que soubesse mesmo ter mão no futebol em Portugal. Uma coisa do estilo:

 

E-MAILS

 

1ºLUGAR-Porto (388798372982379 divulgados/83283740428 enviados/0 recebidos)

 

2ºLUGAR-Sporting (388798372982379 divulgados (dependendo dos que o Porto divulgar)/83283740428 enviados (dependendo dos que o Porto enviar)/0 recebidos)

 

3ºLUGAR-Benfica (0 divulgados/239072093704 enviados/397074074 recebidos)

 

QUEIXINHAS

 

1ºLUGAR-Sporting (970437099243 queixas)

 

2ºLUGAR-Porto (9879473 queixas)

 

3ºLUGAR-Benfica (23 queixas)*

 

BOCAS

 

1ºLUGAR-Sporting (234 à FPF/987934932732432 ao VAR/6786891 ao Benfica/1 ao Porto)**

 

2ºLUGAR-Porto (56 à FPF/89739074903470 ao penalty do Danilo/1 ao Sporting)***

 

3ºLUGAR-Benfica (as mesmas 6786891 de volta ao Sporting)****

 

*Queixas às queixas de que tem sido alvo

**Bocas por atraso no envio/na divulgação de e-mails do Benfica

***Bocas de resposta às bocas do Sporting

****Bocas de resposta às bocas do Sporting

 

As coisas teriam mais piada. Já que estamos numa disto, podíamos fazer disto hábito e até regulá-lo.

 

Agora vamos lá a ver uma coisa. É facilmente admissível que o Benfica seja um alvo fácil, uma vez que todas as coisas que têm vindo a lume não favorecem o clube da Luz. Mas a verdade é que está a ser demais. Já dá tudo para originar trolha e ser razão para processos, queixas e, pior que isso tudo, motivo para se culpabilizar e atribuir mesmo a conotação de “corrupto” ou de “manipulador”, termos usados recentemente para os três grandes se qualificarem uns aos outros. E o pior é que, todos eles, indiciados de irregularidades, sejam elas de corrupção, violência, intimidação, coação ou manipulação, esta a todos os níveis.

 

O nosso futebol está sujo. E não lhe querem passar um pano limpo por cima. Esperemos que a nova época seja isso mesmo – nova. Porque o que é novo, rejuvenesce.

 

Ricardo Tomé

No Comments

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE