December 14, 2019

Este fim-de-semana teve um sem-número de jogos e jogadas excitantes. E já vamos falar um pouco sobre isso. Mas antes disso, as últimas palavras que vou dedicar este ano à ridícula desculpa de equipa que são os Dallas Cowboys:

 

Uma breve nota editorial sobre lixo humano

No ano passado, Greg Hardy foi suspenso (com salário… enfim) pelos Carolina Panthers depois de se ter sabido que teria agredido a sua namorada, Nicole Holder. Depois a NFL, decidiu suspendê-lo por 10 jogos para esta temporada (pouco) e inacreditavelmente, acabou por reduzir a pena para quatro jogos. Os Dallas Cowboys, mostrando enorme fibra moral, contrataram Greg Hardy, que por várias vezes fez questão de não mostrar qualquer espécie de remorso pelo que fez. E agora, saiu um artigo do Deadspin a mostrar fotos com o que Greg Hardy fez à sua ex-namorada, Nicole Holder. E, apesar de isto tudo, o dono dos Cowboys, Jerry Jones, continua a elogiar Hardy como um “líder” e o seu treinador continua a colocá-lo em campo. No ano passado, escrevi detalhadamente sobre os passos gigantes que a NFL ainda tem de dar no campo da violência doméstica, por isso não o vou fazer de novo. Mas enquanto os Cowboys derem um emprego a este lixo humano, não lhes vou dedicar mais uma linha neste espaço. Nojo.

 

Já se pode respeitar os Carolina Panthers?

Voltando ao futebol, que é para isso que aqui estamos, vamos regressar ao tema recorrente das últimas semanas – a abundância de equipas ainda invictas. Com a derrota dos Denver Broncos frente aos Indianapolis Colts, sobram agora três. New England Patriots, Cincinnati Bengals e Carolina Panthers têm agora todos 8 vitórias (apesar de estarmos na 9ª jornada, já todas as equipas na NFL tiveram a sua semana de descanso). Mas enquanto Patriots e Bengals têm sido elogiados pelo modo dominante como têm encarado esta temporada, os Panthers não têm tido necessariamente o mesmo respeito. Seja pelo seu franco passing game ou pela suposta falta de qualidade dos seus adversários, mesmo depois de sete vitórias a equipa de Carolina continuava a ser considerada uma anomalia. O jogo que se seguiu contra os Green Bay Packers era o palco ideal para os Panthers conquistarem finalmente o respeito da liga. E, durante os primeiros três períodos, foi exatamente isso que aconteceu – com uma defesa demolidora e um ataque equilibrado, que contou com uma belíssima exibição do rookie Devin Funchess (71 receiving yards, 1 touchdown), os Panthers chegaram a ter uma vantagem de 37-14. Depois Aaron Rodgers lembrou-se que é o melhor quarterback na liga e quase liderou uma recuperação milagrosa no quarto período, interrompida nos últimos segundos por uma grande interceção do veterano linebacker Thomas Davis. São os Carolina Panthers uma equipa perfeita? Não. Têm tido prestações muito inconsistentes dos seus wide receivers e mostrado uma propensão para permitir recuperações nos últimos períodos. Mas também têm a melhor dupla de linebackers na liga, com Kuechly e Davis, e um quarterback que está em tão boa forma que tem tido séria consideração para MVP deste ano. Como disse, os Panthers não são perfeitos. Mas talvez seja altura de deixarmos de ficar chocados sempre que ganham.

 

O ballet e a birra

Antonio Brown joga com muita elegância…

Gif 1

… Olsen mostra as suas skills…

Olsen

… e Jameis Winston voa para glória.

Winston

Já Aqib Talib… é apenas um otário.

Gif 5

 

Resultados 9ª Semana

Cleveland Browns – 10 X 31 – CINCINNATI BENGALS

Green Bay Packers – 29 X 37 – CAROLINA PANTHERS

Washington Redskins – 10 X 27 – NEW ENGLAND PATRIOTS

TENNESSEE TITANS – 34 X 28 (OT) – New Orleans Saints

Miami Dolphins – 17 X 33 – BUFFALO BILLS

Saint Louis Rams – 18 X 21 (OT) – MINNESOTA VIKINGS

Jacksonville Jaguars – 23 X 28 – NEW YORK JETS

Oakland Raiders – 35 X 38 – PITTSBURGH STEELERS

NEW YORK GIANTS – 32 X 18 – Tampa Bay Buccaneers

Atlanta Falcons – 16 X 17 – SAN FRANCISCO 49ERS

Denver Broncos – 24 X 27 – INDIANAPOLIS COLTS

PHILADELPHIA EAGLES – 33 X 27 (OT) – Dallas Cowboys

CHICAGO BEARS – 22 X 19 – San Diego Chargers

 

Nota: as equipas que jogam em casa estão à direita, tal como é apresentado nos sites de desporto norte-americanos.

Pedro Quedas

No Comments

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE