December 7, 2019

Passou-se já mais de uma semana. Foi o tempo necessário para digerir o que se passou com a Juventus no jogo para a Liga dos Campeões com o Atlético de Madrid, derrota, e no jogo com a AS Roma para s Série A, vitória. Se perder com o Atlético em Espanha não é um resultado fora do normal e ganhar à Roma é uma coisa positiva, porquê que foi uma semana (quase) horribilis para a turma bianconera, perguntam vocês?!?

 

Pois bem, a semana só não foi mesmo horribilis porque foi salva com a vitória contra os romanos. Embora a derrota seja um dos resultados possíveis no futebol, e provavelmente a derrota no Vicente Calderón estivesse nos esquemas e contas prováveis do grupo da Champions, não se prevê mais nenhuma derrota contra os adversários do grupo A, desde que tudo corra pelo normal, e passados quatro dias, a Juventus tenha vencido, aquela que se prevê que seja a maior opositora para a revalidação do scudetto, qualquer adepto da Vecchia Signora deverá estar preocupado, pelos menos ligeiramente, depois do nível exibicional apresentado nestes dois encontros.

 

Vamos ao primeiro, Atlético x Juventus. Na primeira parte não houve grandes oportunidades de golo para nenhuma das partes, as defesas superiorizaram-se aos ataques, e por isso, sem grandes espaços para rasgos individuais, nem muitas razões de interesse, lá se passaram 45 minutos. Começou a segunda parte e a Juventus durante 15 minutos pareceu trazer alguma vontade de tirar algo mais desse jogo sem ser o pontinho. Começou a trocar a bola de forma mais rápida, ganhou o meio-campo, mas realmente chances de golo iminente, não criou. O problema veio depois, a equipa eclipsou-se sem ter porquê pareceu sair de campo, deixou de pressionar a bola, remeteu-se atrás e deixou as linhas do Atlético subirem, sem grande perigo, é verdade, mas água mole em pedra dura, tanto bate até que Turan! Golo do Atlético. Um golo mais ou menos esperado. Depois a Juventus tentou correr atrás do prejuízo, mas com mais coração do que vontade e sem muita cabeça. E o jogo acabou, tendo a Juventus deixado uma imagem muito cinzenta no que diz respeito à vontade e ambição.

 

Segundo jogo, Juventus x Roma. Um jogo marcado pela polémica durante e depois do jogo, que ainda hoje é tema de bate-boca em Itália. Mas não é na polémica que me quero centrar, porque depois de ver os lances, e de forma muito sucinta, parece-me que há um primeiro penalti por marcar a favor da Juventus, falta sobre o Marchisio quando ia rematar, o primeiro penalti assinalado existe, o penalti contra a Juventus é visto em todos os lances de bola parada, agarro eu agarras tu e a fava saiu a Lichtsteiner, provavelmente por ter agarrado o Totti, depois no segundo penalti a favor da Juventus, a falta existe, mas fora da área, e por fim o golo de Bonucci parece-me regular, porque não é o Vidal que tapa a visão Skorupski, mas os seus colegas, e na expulsão de Morata, expliquem-me o que ele fez para ser expulso, já que tem uma entrada menos bonita, é certo, mas é depois Manolas que lhe encosta a cabeça. Posto isto, o jogo esperava-se que fosse um grande jogo de futebol, as equipas entraram com algum receio uma da outra, cautelosas. Depois a Juventus foi-se libertando aos poucos e a Roma aproveitou para tentar o contra-ataque, e estávamos nisto, até que chegou o primeiro penalti. Golo de Tévez, bola ao centro e depois… Bem, depois a Juventus repetiu a atitude de Madrid quatro dias antes, deixou de querer o que quer que fosse com o jogo, parecia satisfeita, a Roma aproveitou para subir e em menos de nada, fez dois golos. Mas nem assim a Juventus pareceu muito incomodada, manteve a atitude pouco ambiciosa, acabando a vitória por lhe vir cair ao colo.

 

E o que me preocupa é esta atitude, que já o Milan de Allegri demonstrava, de equipa desgarrada, sem chama. E olhamos para o treinador e não parece ser alguém capaz de mobilizar e motivar um grupo. Vamos ver, e espero, que Allegri me desminta e que esta semana tenha sido uma semana sem exemplo.

 

Forza Juventus!!!

 

Rui Almeida

No Comments

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE